terça-feira, 7 de abril de 2015

Como escrever cenas românticas

Ah! Amor, o doce amor...



Hello guys! Nesse post falarei sobre algo que é motivo de várias dúvidas entre muitos escritores (independente do que ele escreve, fanfics, livros, contos...). Penso que até mesmo alguns renomados escritores ainda tem certa dificuldade na hora de escrever. Falarei das famosas cenas de romance.

Quem já se cansou de histórias em que, nas cenas de romance tão esperadas, leem apenas as seguintes palavras: "e ele me beijou", ou coisas horrivelmente melosas em que a personagem passa um terço da história descrevendo o seu beijo maravilhosamente maravilho com o seu "príncipe encantado".

Pois bem, para escrever uma boa cena de romance, temos que nos lembrar de um fato muito importante: beijos são coisas que nos despertam sentimentos. Não importa se foi nojo, por causa de uma situação forçada ou apenas desagradável, ou felicidade, pois a personagem esperou por muito tempo por aquele momento ou simplesmente achou agradável.

Outra coisa que é importante: o primeiro beijo nunca é algo intenso ou divino. Que atire a primeira pedra quem teve o seu com seu príncipe encantado no meio de uma praia com um lindo pôr-do-sol ao fundo e uma trilha sonora perfeita tocando, impossível, certo? Vamos ser um pouco realistas, okay? Sua personagem pode até gostar, porém não pode ser algo profundamente intenso. Então, temos que lembrar que, ela querendo ou não, vai ser inesquecível (mesmo que de uma forma horrível).

O mais importante nessas cenas é se lembrar de suas próprias experiências ou se inspirar em algumas autoras que realmente são boas nisso, cujos livros, fanfics ou seja o que for, sejam mais focados no romance.

Também não podemos nos esquecer de que cenas de romance não são apenas beijos. Abraços, cafuné, andar de mãos dadas, falas fofas e outras coisas assim também são contados como romance e, além de darem um toque mais real a história, ainda fazem com que o seu texto fique mais rico.

Vejo muitas autoras confundirem a forma como narrar afeto que a personagem sente pelo seu melhor amigo e o amor que sente por aquele cara que faz seu coração bater mais forte. E isso é algo essencial, por isso vou tentar diferenciar ambos os sentimentos:

Um sentimento de afeto é bem mais calmo, agradável e que faz seu coração ficar estabilizado. Já o amor é mais conturbado, desesperador e faz sentir como se o coração fosse sair pela boca de tão apressadamente que ele bate.

E, claro, não podemos esquecer que para compor uma cena de romance, a personagem não deve apenas chegar ao lugar onde está o garoto dos seus sonhos, falar qualquer coisa sem sentido e, de repente, os dois estão se beijando loucamente. Antes disso temos que criar um cenário, além da forma como os dois personagens foram parar ali juntos.

Também não é adequado, a meu ver, fazer uma cena de beijo um dia após o casal se conhecer. Seria bom uma espécie de "enchimento", nada que seja do tipo: "eles se esbarraram na rua, ele olhou nos olhos de Jujuba e beijou-a.". Até por que, se fosse assim, não seria romance.

É extremamente importante, porém, a maioria das pessoas se esquece, ter em conta que o nosso corpo envia sinais de quando estamos interessados por uma pessoa. Exatamente pelo fato de quase ninguém se lembrar, resolvi citar alguns sinais que me parecem ser importantes:

1) Demonstrar cuidado com a aparência;
2) Sorrir com frequência;
3) Posicionar o corpo na direção da outra pessoa;
4) Inclinar o corpo e imitar a postura do outro;
5) Tocar na outra pessoa;
6) Ficar muito perto durante uma conversa;
7) Olhar fixamente para a outra pessoa;
8) Prestar muita atenção na outra pessoa;
9) Tomara iniciativa de contato;
10) Prolongar o encontro.

Mas é claro que não podemos nos esquecer de dos personagens. Isso é um fato de suma importância.


Agora, penso que deu para tirar uma boa parte de suas confusões sobre as cenas de romance. Espero que tenham gostado e possam fazer bom uso dessas dicas em suas histórias.
Até a próxima.
Beijos da Ana.